Prefeitura do Rio oferece bolsas para alunos de licenciatura em escolas da rede

RIO DE JANEIRO - A partir do segundo semestre do ano, os alunos da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro vão contar com a ajuda de monitores em sala de aula auxiliando professores e atuando em atividades de reforço escolar. Eles serão contratados por meio de um programa de concessão de bolsas a universitários, anunciado nesta terça-feira pelo prefeito da cidade.

Agência Brasil |

Poderão participar do programa estudantes do último ano do cursos de Pedagogia e das licenciaturas em Letras e Matemática. Os universitários vão receber R$ 400 e R$ 600 para ajudar professores de 1.062 escolas, no ciclo base, que compreende a alfabetização e as duas séries posteriores. Um decreto publicado hoje detalha o programa e convoca universidades para realização de convênios.

Beth Santos/Divulgação

Paes anuncia o novo projeto para a área de Educação

De acordo com o prefeito, a grande deficiência do sistema de ensino municipal é quantidade de alunos por professor e com os monitores, a idéia dar mais atenção aos estudantes. É uma média acima da adequada, de 35 a 40 alunos por sala de aula. Essa média traz uma dificuldade de acompanhamento individual do desempenho dos alunos, explicou Paes.

As escolas localizadas em áreas consideradas de risco, chamadas de Escolas da Paz, terão prioridade. Nelas os universitários receberão a bolsa mais alta (R$ 600) para um trabalho de quatro horas diárias. Para esses colégios, também é preparado um sistema de ensino em tempo integral, com atividades lúdicas e culturais, que devem ser realizadas em parceria com organizações da sociedade.

A prefeitura ainda não contabilizou os gastos decorrentes das bolsas. Segundo Paes, como o orçamento de educação não sofreu contingenciamento, o programa será viável. Para incentivar mudanças na qualidade de ensino, a prefeitura também quer premiar em dinheiro professores que se destaquem na alfabetização de crianças de até sete anos de idade. O valor ainda não foi definido.

Leia mais sobre: educação

    Leia tudo sobre: eduardo paeseducaçãoprefeiturariorio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG