O desabamento de toneladas de rochas na tarde da última quinta-feira, em uma antiga pedreira, mudou a vida de várias famílias de um condomínio em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro. O prefeito Eduardo Paes esteve nesta sexta-feira no local e determinou a interdição de mais dez imóveis próximos à área de risco, além dos sete que haviam sido diretamente afetados." / O desabamento de toneladas de rochas na tarde da última quinta-feira, em uma antiga pedreira, mudou a vida de várias famílias de um condomínio em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro. O prefeito Eduardo Paes esteve nesta sexta-feira no local e determinou a interdição de mais dez imóveis próximos à área de risco, além dos sete que haviam sido diretamente afetados." /

Prefeitura do Rio interdita mais 10 casas de condomínio onde uma pedreira desabou

RIO DE JANEIRO - http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/06/18/deslizamento+de+pedras+atinge+casas+no+rio+de+janeiro+6811911.html target=_blankO desabamento de toneladas de rochas na tarde da última quinta-feira, em uma antiga pedreira, mudou a vida de várias famílias de um condomínio em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro. O prefeito Eduardo Paes esteve nesta sexta-feira no local e determinou a interdição de mais dez imóveis próximos à área de risco, além dos sete que haviam sido diretamente afetados.

Agência Brasil |

Futura Press

A pedreira desativada fica atrás de condomínio

Com isso, 17 famílias estão impedidas de voltar para suas casas e tiveram que procurar abrigo nas residências de parentes. Eduardo Paes prometeu aos moradores que a prefeitura vai se encarregar da remoção das pedras e das obras de contenção.

A prioridade neste momento é ofercer alternativas para as pessoas, que estão angustiadas, e infelizmente ainda tem uma correndo risco de vida. Eu nunca tinha visto uma coisa tão impressionante, não foram pedrinhas que caíram. As fotos de jornal e as imagens da televisão não mostram a dimensão disso aqui, disse o prefeito.

As rochas soterraram pelo menos seis carros e atingiram várias residências. O aposentado Reinaldo Guimarães, de 87 anos, quebrou as duas pernas e está internado em estado grave no Hospital do Andaraí. Mas o acidente poderia ter sido evitado se há dez anos, quando esteve inspecionando o local, a prefeitura tivesse feito as obras necessárias, criticou o genro do aposentado, Alcides Lyra.

A Geo Rio é encarregada de fazer a fiscalização. E até então, nós estávamos aqui sem qualquer fiscalização. Eles não davam cobertura nenhuma a gente. Lavaram as mãos, disse Lyra.

De acordo com a Geo Rio, os moradores foram notificados, por duas vezes, em 1996 e 1998, de que teriam de fazer as obras de contenção, pois o local já havia apresentado deslizamentos de rochas. Segundo a Defesa Civil do município, as casas foram interditadas até que as obras de contenção da pedreira sejam concluídas.

Leia mais sobre: deslizamentos

    Leia tudo sobre: deslizamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG