Agentes da secretaria especial da Ordem Pública demoliram na manhã desta sexta-feira dois imóveis em construção erguidos irregularmente na favela da Rocinha, na zona sul do Rio, em uma área considerada de preservação permanente. As duas construções de alvenaria e um pavimento, com cerca de 40 metros quadrados cada, estavam em um local conhecido como Vila Verde. Uma das casas ficava a apenas três metros de uma torre de energia elétrica.

Após vistoria realizada no início desta semana, ficou constatado que as construções ilegais causaram dano ambiental. A avaliação técnica também confirmou desmatamento na região, com pedaços de tronco caracterizando corte de árvores e movimentação de terra para a execução da obra irregular. Os responsáveis pelas construções chegaram a derrubar as cercas implantadas para definir o ecolimite na região.

Divulgação

Agente da secretária de Ordem Pública derruba casa construída irregularmente

Não agiremos com tolerância no momento em que identificarmos este tipo de aberração urbanística, disse o secretário de Ordem Pública, Rodrigo Bethlem. Construções irregulares e em área de risco serão demolidas como aconteceu hoje, confirmou, completando que outras 30 casas irregulares na comunidade devem ter o mesmo destino nos próximos dias.

Leia também:

Leia mais sobre: Ordem Pública

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.