Prefeitura de SP reajusta contratos de varrição de ruas

A Prefeitura de São Paulo reajustou ontem o valor dos seis contratos de varrição de ruas e prorrogou a vigência por mais um ano. Os porcentuais variam para cada empresa, de 1,94% a 3,47%.

Agência Estado |

Juntos, os seis aditamentos somam R$ 11,4 milhões aos contratos originais que ultrapassam R$ 100 milhões, exceto o da região oeste da capital, que é de R$ 35 milhões.

As empresas Qualix, Construfert, Delta, Unileste e Paulitec fazem a varrição manual das ruas, varrição mecanizada e coleta e transporte dos detritos da varrição, entre outros serviços. De acordo com a Secretaria Municipal de Serviços, os recursos para o reajuste são da própria pasta, o que evitou remanejamento de dinheiro. Esta é a segunda prorrogação dos contratos, assinados em 2006 - e podem ser continuados por mais três anos. A cada mês, são varridos cerca de 213 mil quilômetros de ruas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG