Prefeitura de SP quer mapear subsolo da cidade

SÃO PAULO - A Secretaria Municipal de Infra-Estrutura Urbana e Obras da cidade de São Paulo, por meio do Departamento de Controle de Uso das Vias Públicas (Convias), pediu ajuda a especialistas americanos para montar um mapa unificado do subsolo de São Paulo. O objetivo é destrinchar o emaranhado de fios e canos que convivem sob as calçadas da cidade.

Agência Estado |

Estima-se que exista algo em torno 100 mil quilômetros de redes de infra-estrutura urbana de mais de 30 empresas prestadoras de serviços - como redes de esgoto, energia elétrica, gás, telefonia, telecomunicações e televisão a cabo. O problema é que a cidade não tem um mapa do seu subsolo, muito menos um sistema para prevenir acidente.

"É um quadro perigoso, uma bomba debaixo dos nossos pés, pois as concessionárias como Comgás e Eletropaulo podem atingir umas as redes das outras", alerta Regina Monteiro, diretora do Meio Ambiente e Paisagem Urbana da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb). "Os mapas que a Prefeitura tem são incompletos e velhos." Nas próximas semanas, o governo municipal assinará uma parceria com uma empresa de consultoria sediada nos Estados Unidos para criar uma política de gerenciamento. O valor do contrato é de US$ 150 mil. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre: Prefeitura de SP

    Leia tudo sobre: prefeitura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG