Prefeitura de SP publica hoje restrição para caminhões

A Prefeitura de São Paulo publica hoje o primeiro decreto com as novas regras para a circulação de caminhões numa área de 100 quilômetros quadrados, que compreende quase a todo o centro expandido. Atualmente, a área de restrição é quatro vezes menor.

Agência Estado |

Depois de diversas reuniões com os sindicatos dos setores de carga afetados, a Secretaria Municipal de Transportes abriu exceção para os caminhões de dez setores. Transporte de valores, alimentos perecíveis, remoção de entulho, produtos perigosos e serviços de infra-estrutura são algumas das exceções. Eles podem circular na zona restritiva, exceto no horário de pico, das 17 às 21 horas. Só serviços de emergência, de obras urgentes e de cobertura jornalística ficarão livres integralmente.

Outros dois decretos vão completar a regulamentação: um sobre exceções para veículos urbanos de carga e outro de ampliação do rodízio para caminhões nas Marginais e na Avenida dos Bandeirantes.

Para fiscalizar a restrição, a Secretaria de Transportes informou que vai redistribuir os marronzinhos pela cidade e conta com a instalação de novos radares em 120 pontos. Ontem, técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) se reuniram para definir como serão feitos os testes dos aparelhos. No dia 26, os radares começarão a ser instalados na Avenida Escola Politécnica, na zona oeste - os testes começam 15 dias depois. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG