Prefeitura de SP extingue vagas de zona azul nos Jardins

Para melhorar o trânsito na região dos Jardins, a Prefeitura de São Paulo decidiu acabar com 26% da Zona Azul (513 vagas), proibir o estacionamento em período integral em 15 vias - incluindo trechos das Alamedas, Gabriel Monteiro da Silva, Jaú, Lorena e Campinas e das Ruas Augusta, Haddock Lobo e Caio Prado - e realocar os pontos de táxi. Até segunda-feira, quando os motoristas começarão a ser multados, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai instalar na região 669 novas placas de trânsito.

Agência Estado |

Até lá, os agentes da CET vão monitorar toda a operação e orientar os motoristas nas 23 vias que sofrerão alterações.

Das atuais 1.902 vagas de Zona Azul existentes, 636 serão desativadas e outras 123 serão criadas. A mudança ocorre 50 dias depois do início da proibição de estacionamento no lado par da Rua Bela Cintra, entre a Rua Estados Unidos e a Alameda Jaú. "Essa medida melhorou o trânsito na região em 30%", avaliou ontem o secretário municipal de Transportes, Alexandre de Moraes. A partir de segunda-feira, também haverá proibição integral de estacionamento no lado ímpar da via, entre a Avenida Paulista e a Rua Matias Aires.

Na região da Consolação, serão desativadas 45 vagas do sistema rotativo de estacionamento e instaladas 42 novas, de um total de 290 vagas de Zona Azul existentes. "Fizemos um levantamento que mostrou ociosidade nos estacionamentos na região dos Jardins. Por isso, adotamos este projeto-piloto para melhorar a fluidez", afirma o diretor de Operações da CET, Adauto Martinez Filho.

Quem desrespeitar a determinação corre o risco de ser guinchado. O valor da autuação por parar em local proibido varia de acordo com a gravidade da infração. Se for leve (como estacionar em área de Zona Azul), o motorista pagará R$ 53,20; a média (parar diante de guia rebaixada) fica em R$ 85,13 e a grave (como estacionar afastado mais de 1 metro da guia ou em fila dupla), R$ 127,69. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG