Prefeitura de SP cria força-tarefa para fiscalizar trânsito

Uma força-tarefa permanente para aumentar a fiscalização de trânsito em alguns pontos da cidade foi criada pela Secretaria Municipal de Transportes. O principal objetivo é coibir a invasão de corredores de ônibus, mas a equipe formada por mais de 100 homens da São Paulo Transportes (SPTrans), da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e da Polícia Militar também irá verificar a documentação dos veículos, o cumprimento do rodízio e multar caminhões em áreas proibidas.

Agência Estado |

A força-tarefa começou a funcionar ontem em sete pontos da zona sul - na Estrada do M’Boi Mirim, nas Avenidas Faria Lima, Teotônio Vilela, Guarapiranga, Rebouças e Rua da Consolação, Estrada de Itapecerica e no Grajaú. “Todos os dias a partir das 5 horas (a equipe) estará em locais estratégicos da cidade”, afirmou o secretário de Transportes, Alexandre de Moraes, depois de participar de um encontro na Associação Comercial de São Paulo.

A fiscalização ocorrerá diariamente das 5 às 10 horas e das 16 às 20 horas. Os primeiros resultados, com números de apreensão de carros e multas, serão divulgados hoje junto com os estudos preliminares sobre a ampliação em duas horas do horário de rodízio de veículos e aumento da restrição para caminhões. “Vamos levar sugestões e simulações ao prefeito. Para que juntos analisemos a medida que é melhor para o Município”, explicou Moraes. Ele não quis adiantar os resultados das simulações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG