Prefeitura de Canela decreta situação de emergência

De acordo com a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, cerca de 13 mil pessoas foram afetadas pelo vendaval no município

AE |

A Prefeitura de Canela decretou situação de emergência por causa dos ventos de até 124 km/h que atingiram a serra gaúcha na madrugada de hoje. De acordo com a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, cerca de 13 mil pessoas foram afetadas pelo vendaval no município, o mais atingindo da região. Pelo menos 89 imóveis ficaram destruídos, e 407, danificados. Cerca de 200 pessoas estão desalojadas, onze, desabrigadas e onze ficaram levemente feridas. 

Em Gramado, o mau tempo derrubou árvores e destelhou casas. Apesar disso, a Defesa Civil Estadual não registrou graves ocorrências na cidade. Os estragos nos dois municípios ainda estão sendo contabilizados. Os municípios de Ibiaçá, Imigrante e Nonoai também foram afetados por fortes chuvas, enxurradas e vendavais na noite de ontem. Em cada cidade, houve o registro de pelo menos 20 construções danificadas. 

Até às 23 horas desta quinta-feira , 22, 700 clientes da Rio Grande Energia (RGE) estavam sem energia elétrica em Canela. Equipe de técnicos fazendo reparos na rede elétrica do município. No início da tarde, a energia para os 130 consumidores afetados pelo mau tempo em Gramado já havia sido normalizada, segundo informou a concessionária.

    Leia tudo sobre: CanelaGramadovendavalRio Grande do Sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG