Prefeitura de Atibaia-SP isenta IPTU de casas alagadas

A Prefeitura de Atibaia (SP) informou hoje que vai isentar do pagamento das três primeiras parcelas do IPTU os moradores das casas alagadas. No município, 500 famílias foram atingidas pelo transbordamento do Rio Atibaia após as chuvas do fim de semana e de segunda-feira.

Agência Estado |

Segundo a administração, ao menos 80 famílias estão desalojadas, e cinco, desabrigadas. A prefeitura declarou, ontem, estado de emergência no município, e busca ajuda dos governos estadual e federal. O governador do Estado de São Paulo, José Serra (PSDB), esteve em Rio Claro hoje e disse estar disponível para ajudar o município.

"Foi inevitável uma concentração maior em São Luiz do Paraitinga, porque metade da população ficou sem casa. É natural que você corra para aquele que teve problemas mais graves, mas estamos presentes também e disponíveis para ajudar as prefeituras para obras e aquilo que for necessário", disse Serra, após visitar pela manhã São Luiz do Paraitinga.

Segundo a prefeitura de Atibaia, o rio teria transbordado por conta da abertura das comportas das represas de Piracaia (no Rio Cachoeira) e de Nazaré Paulista (no rio Atibainha), segundo a administração. Esses rios formam o rio Atibaia.

A Sabesp informou que vem executando, nos últimos dias, o descarregamento das águas das represas de Atibaia, em uma média de 16 metros cúbicos por segundo. A empresa ressaltou que, ao descarregar a água, não colabora com a enchente.

Segundo a Sabesp, os níveis de água dessas represas estavam acima dos níveis de segurança, razão pela qual houve a descarga. A empresa informou ainda que as operações são realizadas com o monitoramento diário tanto das vazões de água, quanto das populações ribeirinhas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG