O presidente da Câmara Municipal e prefeito em exercício de Novo Triunfo (BA), 360 quilômetros ao norte de Salvador, Manoel Messias Santana (PSD), foi assassinado a tiros na quinta-feira à noite, na porta de casa.

Segundo informações de familiares, que estavam com Santana no momento do crime, dadas à polícia, dois homens encapuzados desceram de um carro e, depois de identificar o político, começaram a atirar contra ele, que morreu na hora.

Santana ocupava o cargo de prefeito há um ano, depois que o titular, Pedro José Carvalho de Almeida (PL), conhecido como Pedrinho, foi afastado do cargo pela Justiça, acusado de compra de votos.

Leia mais sobre: assassinato

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.