Prefeito de Canoas (RS) diz que foi alvo de grampo

O prefeito de Canoas, Jairo Jorge (PT), disse hoje que seu gabinete foi alvo de espionagem e entregou à Polícia Civil um aparelho de escutas encontrado na sala de reuniões da Junta de Orçamento e Participação. O equipamento passará por perícia que indicará se estava ativo e qual sua capacidade de captação de sons.

Agência Estado |

A administração de Canoas está convicta de que o aparelho foi colocado neste ano porque uma busca anterior, feita em janeiro, nada encontrou. Segundo Jairo Jorge, há setores contrariados com as auditorias de gastos e contratos que sua gestão está fazendo. O prefeito confirmou que as varreduras para detectar equipamentos de escuta nos prédios públicos passarão a ser periódicas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG