Praticar esportes - ou simplesmente assistir a eles - pode ajudar a melhorar as funções cerebrais relacionadas à linguagem, de acordo com uma nova pesquisa realizada na Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, com jogadores e torcedores de hóquei, além de pessoas que nunca assistiram ou jogaram uma partida do esporte. Os resultados estão na última edição da revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

O estudo mostra que a região do cérebro normalmente associada ao planejamento e ao controle de ações é ativada quando jogadores e torcedores ouvem uma conversa sobre o esporte. O impulso ajuda atletas e torcedores a compreender informações sobre seu esporte, mesmo que no momento da conversa a pessoa não tenha intenção de se exercitar. De acordo com os autores, o cérebro pode ser mais flexível durante a idade adulta do que se estimava.

"Atividades não relacionadas à linguagem, como praticar ou assistir esportes, têm efeito positivo sobre a capacidade de entendimento da linguagem sobre o esporte, precisamente porque as áreas cerebrais normalmente utilizadas para agir passam a ficar altamente envolvidas com o entendimento da linguagem", disse Sian Beilock, autora principal do artigo e professora de psicologia da Universidade de Chicago.

Cecilia Nascimento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.