Praias do Rio continuam com restrições para banho de mar

RIO DE JANEIRO - Por causa das fortes chuvas que caíram na capital fluminense desde a noite de quinta-feira (14), apenas seis praias estão totalmente liberadas para banho de mar na: Prainha, Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca e Joatinga, na zona oeste; e as praias do Diabo, no Arpoador, e Vermelha, na Urca, ambas na zona sul.

Agência Brasil |

AE
Cariocas devem ficar atentos à restrições ao banho nas praias

Cariocas devem ficar atentos à restrições ao banho nas praias

O domingo no Rio começou com sol, mas, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), pode chover à tarde e à noite.

Segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), as restrições ao banho nas demais praias devem-se à existência de trechos de extravasamento de águas pluviais e à presença de "línguas negras" e de coliformes fecais acima do índice permitido.

De acordo com o Inea, em Niterói, no Grande Rio, a maioria das praias também está imprópria para banho. Estão liberadas apenas Camboinhas, Adão, Piratininga e Sossego.

Técnicos do Inea explicam que não é recomendável entrar no mar por pelo menos 24 horas após o término do período de chuvas. Nas praias de baía ou que sofrem influência direta de rios, canais e córregos afluentes, esse intervalo deve ser de pelo menos 48 horas, dependendo da situação.

Leia mais sobre Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: rio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG