Via de acesso ao Porto de Paranaguá tem congestionamento

Chuva e falta de cadastro prévio dos caminhoneiros são apontados como causas para formação da fila

Luciana Cristo, iG Paraná |

A fila de caminhões carregados com soja, trigo e milho para chegar até o Porto de Paranaguá alcança, no início da tarde desta segunda-feira, 23 quilômetros na BR-277, rodovia que liga Curitiba ao litoral do Paraná. O congestionamento começou a aumentar nesta manhã desta segunda-feira (28) e a tendência é que continue crescendo.

Divulgação/APPA
Fila de caminhões no acesso ao Porto de Paranaguá
O tempo chuvoso e a falta de cadastro prévio dos caminhoneiros são os fatores apontados para a formação da fila, de acordo com a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). Com chuva, o carregamento nos navios fica comprometido. Para agilizar o processo de recepção dos caminhões, o porto opera com o sistema “Carga online”, pelo qual os operadores precisam cadastrar os caminhões no local de origem para que, quando cheguem ao pátio do porto, já se tenha todas as informações sobre a carga transportada. Quando isso não é feito antecipadamente, o caminhão precisa sair da fila, o que acaba atrasando o processo.

A estimativa de aumento de 20% na movimentação do Porto de Paranaguá para este ano pressupunha a formação da fila de caminhões, segundo a superintendência do porto. Na semana passada, o pátio do porto estava operando com uma quantidade variando de 400 a 500 caminhões por dia, número que nesta segunda subiu para 900. No pico da safra de grãos de soja, milho e trigo, que vai de meados de março até o mês de maio, a previsão é que se chegue a 1,5 mil caminhões diariamente no pátio do porto.

O aumento na carga do porto se deve também, na avaliação da Appa, à realização da dragagem emergencial, a partir da qual foi possível voltar a fazer o carregamento pleno dos navios. Em 2010, sem a dragagem – devido ao imbróglio para contratação da empresa responsável – o Porto de Paranaguá deixou de embarcar cerca de 2,6 milhões de toneladas de grãos, o que acarretou uma perda de R$ 10,4 milhões em arrecadação.

    Leia tudo sobre: porto de paranaguácongestionamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG