Richa nomeia ex-ator pornô para órgão ambiental no Paraná

Valter Pagliosa fez o filme "A outra metade" em 2006 e não era ligado ao setor ambiental. Nesta tarde, ele foi exonerado

Luciana Cristo, iG Paraná |

A nomeação de Valter Pagliosa para a diretoria regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) na região de Cascavel (região oeste do Estado) foi motivo de diversas críticas do senador Roberto Requião (PMDB-PR) durante a manhã desta segunda-feira. Mirando a gestão do governador Beto Richa (PSDB),  Requião informou, pelo seu Twitter, que Pagliosa é ex-ator pornô.

AE
O governador do Paraná, Beto Richa
O  governo estadual disse desconhecer a participação do diretor regional do IAP em um filme pornô. Nesta segunda-feira, com a confirmação do próprio Pagliosa, a decisão foi de exonerá-lo do cargo. Ainda não há um nome para substituí-lo no IAP.

Pagliosa atuou no filme erótico “A outra metade” e assumiu a diretoria do órgão estadual no início de março. A indicação de Pagliosa, assim como a dos outros 20 chefes regionais do IAP, obedeceu às indicações das siglas que apoiaram o tucano em 2010.

A indicação de Pagliosa teria partido do PSL, partido que fez parte da coligação de Beto Richa nas eleições do ano passado e liderado pelo deputado estadual Adelino Ribeiro. Na época da nomeação de Pagliosa, Ribeiro disse que era um reconhecimento pelas pessoas que estiveram envolvidas na campanha e que cabia a ele, Pagliosa, fazer um bom trabalho.

O presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto, afirmou que a nomeação de Pagliosa veio da Casa Civil. Pagliosa não é técnico da área ambiental.

Críticas

O fato foi argumento para que Requião voltasse a criticar o governo de Beto Richa, desta vez com foco nos problemas da saúde pública, com comentários como: “As promessas de campanha do Beto foram tão pornográficas quanto seu chefe do IAP de Cascavel”, escreveu Requião nesta segunda-feira.

O filme

“A outra metade”, protagonizado por Pagliosa, foi uma produção local paranaense de 2006. Com poucos recursos financeiros, o elenco todo foi composto por pessoas anônimas.

    Leia tudo sobre: Beto RichaRoberto RequiãoValter PagliosaCascavel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG