Polícia Federal apreende 2 mil comprimidos de ecstasy no Paraná

Comprimidos estavam com um professor de capoeira e foram apreendidos no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu

AE |

selo

Aproximadamente 2 mil comprimidos de ecstasy foram apreendidos quando eram transportados escondidos no corpo de dois passageiros no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, no Paraná, no sábado (25). No total, quatro pessoas foram presas. Segundo a Polícia Federal, o destino da droga era Brasília. 

Outra apreensão: Comprimidos paraguaios são apreendidos no Paraná

A ação aconteceu por volta das 16h30, quando policiais federais realizavam fiscalização dos passageiros. O passageiro D.R.S., de 28 anos, professor de capoeira, aparentava estar nervoso. Depois de uma entrevista, seguida de busca pessoal, foram encontrados três pacotes contendo vários comprimidos a granel, dois deles sob a roupa íntima, e outro, numa de suas meias. Os comprimidos apresentaram peso total de 235,81 gramas.

Continuando com a entrevista, D.R.S. disse que estava acompanhado por um amigo, que também estava portando comprimidos da droga e viajaria no mesmo voo. Com L.F.G.R., de 27 anos, foram localizados mais três pacotes, contendo comprimidos com as mesmas características, também na região pubiana, apresentando peso total de 281,93 gramas.

Leia também: Ecstasy vindo da Inglaterra foi vendido no Rio durante o carnaval, diz polícia

Segundo os detidos, os comprimidos foram adquiridos no Paraguai com finalidade comercial. Ambos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu, onde foram interrogados e indiciados no tráfico internacional de entorpecentes. 

Com base nas informações colhidas nos interrogatórios, foram presos dois brasileiros do sexo masculino: A.S.D, de 26 anos, residente em Ciudad Del Leste, no Paraguai, e F.M.L., de 23 anos, residente em Foz do Iguaçu, apontados como sendo as pessoas que teriam comercializado a droga apreendida. Os quatro foram encaminhados à Custódia, onde permanecem à disposição da Justiça Federal.

    Leia tudo sobre: paranáecstasyapreensão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG