Pedagoga morre atropelada pelo próprio carro no Paraná

Mulher teria ido verificar um problema no portão da garagem quando o carro desceu uma rampa e a atingiu

AE |

selo

A pedagoga Solange Andreta Alberti, de 39 anos, morreu atropelada pelo próprio carro por volta de 19h desta terça-feira, em Laranjeiras do Sul, a cerca de 360 quilômetros de Curitiba, no sul do Paraná.

Outro caso: Homem morre atropelado pelo próprio carro no interior de São Paulo

De acordo com a polícia, ela foi verificar um problema no portão eletrônico, quando o carro Vectra desceu sozinho a rampa da garagem, atingindo a pedagoga e arrancando o portão.

Mesmo com o carro passando por cima dela, Alberti foi socorrida com vida e levada a um hospital de Laranjeiras do Sul com fratura na bacia e perfuração no pulmão.

Em razão da gravidade, foi posteriormente conduzida para o Hospital São Vicente de Paulo, em Guarapuava, distante 110 quilômetros, mas não resistiu. O óbito ocorreu por volta de 22h30. Ela era pedagoga no Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (Ceebja). Era casada e tinha dois filhos.

    Leia tudo sobre: proprio carroLaranjeiras do Sulparaná

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG