Morador de Curitiba mapeia calçadas esburacadas da cidade

Claudemir Cassaroti estava incomodado com a qualidade do passeio público. A insatisfação virou um blog sobre onde não caminhar

Luciana Cristo, iG Paraná |

Divulgação
Calçada com buraco...
Ao andar diariamente pelas ruas de Curitiba, o radialista Claudemir Cassaroti começou a ficar incomodado com os frequentes tropeços ou trechos em que era preciso desviar, porque algum entulho bloqueava a passagem dos pedestres. E não é preciso muito. Uma rápida caminhada pelas calçadas de Curitiba basta para que se note diversos pontos mal cuidados, com parte do pavimento destruído, bloqueado ou irregular. O quadro geral ganhou uma atenção especial de Cassaroti, que aos poucos começou a tirar fotos de alguns trechos que ele considerava problemáticos.

A situação das calçadas virou assunto corriqueiro em conversas dele com amigos, inclusive alguns portadores de necessidades especiais, que sofrem ainda mais para se locomover em alguns trechos da cidade. Depois de já possuir uma considerável quantidade de imagens das calçadas, em janeiro deste ano Cassaroti resolveu colocá-las em um blog, o Minha Calçada . E o projeto rapidamente ganhou forma e organização, com identificação de rua e bairro junto com cada foto publicada. Já são aproximadamente 400 imagens no blog em menos de quatro meses, além de outras 130 que aguardam para serem postada - e um número crescente de visitantes. 

As imagens incluem pontos de diversos bairros da cidade, indo do Batel ou das Mercês, passando pelo Centro e atingindo Cidade Industrial de Curitiba ou Vila Izabel, por exemplo. “Não tem diferença. Nos bairros ou no centro, o problema é o mesmo”, avalia o morador.

Divulgação
...e morro com mato no lugar da calçada
Para ele, a qualidade geral das calçadas é difícil de ser analisada. “Se fosse para dar uma nota de zero a dez, as calçadas de Curitiba ganhariam nota três, na minha avaliação. Estou fotografando trechos pequenos com problemas, mas que prejudicam muito a locomoção, principalmente para pessoas que têm dificuldades”, diz.

Cassaroti faz questão de frisar que a ideia do blog não é organizar uma frente de protesto contra a prefeitura. “A culpa não é somente da prefeitura. Existe um código de postura pelo qual a manutenção das calçadas depende do proprietário do imóvel. O que falta, da parte da prefeitura, é fiscalização para que isso seja cumprido”, ressalta.

Todas as imagens publicadas até agora foram tiradas pelo próprio Cassaroti. Mas a repercussão da iniciativa já tem feito com que muitas pessoas encaminhem os seus próprios problemas verificados em calçadas para o e-mail de Cassaroti, e que logo começarão a ser colocadas no blog, de acordo com ele. Cassaroti também deve ampliar sua área de cobertura, com fotos de calçadas da Região Metropolitana de Curitiba.

    Leia tudo sobre: ParanáCuritibacalçadas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG