Menino de 2 anos apanha do padrasto e morre no Paraná

Em depoimento à polícia, homem confessa ter espancado o menino: ele disse que criança fazia bagunça enquanto ele limpava a casa

Luciana Cristo, iG Paraná |

Reprodução Google Maps
São Pedro do Iguaçu fica a 570 quilômetros de Curitiba
Um menino de dois anos morreu depois de ter sofrido agressões do padrasto, em São Pedro do Iguaçu (distante 570 quilômetros de Curitiba), no Paraná. O autor do crime, Joelcio de Campos, de 18 anos, mora com a mulher e outros dois filhos dela.

Em depoimento prestado à Polícia Civil, Campos confessou ter espancado o menino, sob o argumento de que a criança estava fazendo bagunça enquanto ele tentava limpar o chão da casa. “Ele deu um soco no abdômen da criança, que caiu no chão e bateu a cabeça. Não satisfeito, ele ainda desferiu mais alguns socos no menino”, afirma o delegado Edgar Dias Santana.

Segundo o delegado, depois de perceber que a criança estava muito machucada, o padrasto resolveu pedir auxílio na casa da cunhada e chamar uma ambulância. Não adiantava mais. A criança chegou morta ao hospital da cidade.

As agressões sofridas pelo garoto foram confirmadas por um laudo do Instituto Médico-Legal. Campos está preso em Toledo, cidade próxima a São Pedro do Iguaçu, e vai responder pelo crime de homicídio qualificado. Ele não tinha antecedentes criminais.

    Leia tudo sobre: São Pedro do IguaçuParanácriançaviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG