Garis fazem greve surpresa em Curiba e coleta é interrompida

Sem avisar sindicato nem a empresa responsável pela coleta, trabalhadores param e pedem aumento de salário

Luciana Cristo, iG Paraná |

A coleta de lixo em Curitiba (PR) não foi feita pelo segundo dia consecutivo nesta sexta-feira. Sem aviso prévio, contrariando o que é previsto em lei, os trabalhadores que realizam o serviço cruzaram os braços na última quinta-feira (10), pedindo reajuste salarial à empresa que administra a coleta na cidade, a Cavo Serviços e Saneamentos S.A.

Luciana Cristo/iG
Sem coleta, lixo começa a acumular nas ruas de Curitiba
A atitude pegou a cidade de surpresa, inclusive o sindicato da categoria, o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba e Região (Siemaco), que afirma não ter iniciado a paralisação.

A Cavo conseguiu obter uma liminar judicial, no fim da tarde desta sexta, para que os trabalhadores retomem o serviço ainda hoje. Até as 16h desta sexta, nenhum dos 85 caminhões responsáveis por recolher o lixo de Curitiba havia saído da empresa.

Na quinta-feira (10), primeiro dia da greve, apenas 15 dos veículos fizeram o serviço, de forma precária, enquanto os trabalhadores permaneceram durante boa parte do dia em frente à sede da empresa, no bairro Rebouças. Após a determinação judicial, os trabalhadores resolveram acatar a decisão e encerrar o movimento. No entanto, as negociações com a Cavo continuam até o final do mês. "Se até o dia 23 não houver avanço nas negociações com a empresa, a paralisação pode ser retomada e aí vamos para dissídio coletivo", afirma o presidente do sindicato, Manassés Oliveira, que, após a paralisação, tomou à frente do movimento.

Os trabalhadores reivindicam 20% de aumento salarial e melhoria das condições de trabalho. Outro receio que levou à paralisação foi a venda da Cavo para outra empresa do setor, a Estre Ambiental, uma operação que aconteceu de maneira rápida durante o carnaval.

    Leia tudo sobre: CuritibaParanágarislixogreve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG