Chuva de granizo danifica 3.349 residências no Paraná

A chuva de granizo teve pedras de gelo de até 4 centímetros de diâmetro (tamanho de uma bola de ping-pong)

AE |

selo

As chuvas com granizo que atingiram o Paraná nesta semana danificaram 3.349 residências e afetaram 13.524 moradores, segundo dados da Defesa Civil estadual. Ninguém ficou desalojado ou desabrigado. A cidade mais afetada foi Reserva, região dos Campos Gerais, a 180 quilômetros de Curitiba. Cerca de 10 mil pessoas foram afetadas e duas mil casas ficaram danificadas pelo granizo. As aulas nas redes municipal e estadual de ensino na cidade foram suspensas ontem.

Por conta disso, o governo do Estado montou uma força-tarefa para apoiar a população e ajudar na recuperação das casas danificadas. Foram enviadas para Reserva mil telhas de fibrocimento e 93 bobinas de lona (cada uma com 400 metros) para a cobertura das casas. A Secretaria da Família e Desenvolvimento Social também providenciou 50 cestas básicas, 50 colchonetes, 1,5 mil peças de roupas e 150 pares de calçados.

Por conta do vento, várias residências ficaram destelhadas. Muitos moradores que estavam na rua, no momento do vendaval, foram atingidos pelas pedras e ficaram feridos, principalmente nas costas e mãos. Alguns carros tiveram os parabrisas quebrados. Também foi registrada a ocorrência de queda de granizo no município de São João do Triunfo, nos Campos Gerais. A chuva de granizo teve pedras de gelo de até 4 centímetros de diâmetro (tamanho de uma bola de ping-pong).

    Leia tudo sobre: chuvagranizoparaná

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG