Incêndio destrói teatro de 60 anos em Londrina

Cine Teatro Universitário Ouro Verde era o maior do norte do Paraná, com capacidade para 950 pessoas

AE |

selo

O histórico Cine Teatro Universitário Ouro Verde, em Londrina, no norte do Paraná, foi destruído por um incêndio que tomou conta do prédio durante a tarde deste domingo. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo foi detectado por volta de 15h30 e poucos minutos depois as primeiras viaturas chegaram, mas as chamas já estavam altas. A edificação fica no Calçadão, no centro da cidade. Apesar de o teto e parte de uma parede ter desabado com o incêndio, não havia informações sobre qualquer pessoa ferida. Peritos devem determinar a causa do início do fogo.

Leia também: Incêndio atinge cinema de shopping center em Curitiba

Lis Sayuri/Futura Press
Bombeiros tentam do alto conter as chamas no teatro. As paredes permaneceram em pé, mas todo o interior do teatro foi destruído
De acordo com a direção da Universidade Estadual de Londrina (UEL), responsável pela administração do teatro, apenas um vigilante estava no local no momento em que o incêndio começou. Ele conseguiu sair ileso e encontrou-se com um engenheiro servidor da UEL que mora em um prédio vizinho. Ambos acionaram o Corpo de Bombeiros. Num primeiro momento, foi realizado o isolamento de dois prédios que ficam nos fundos do teatro. Como o fogo alastrou-se de forma rápida na parte interna, pouca coisa foi salva. Para evitar maiores problemas e por existir risco de desabamento, a energia elétrica foi cortada em parte da região central de Londrina, deixando algumas pessoas temporariamente retidas em elevadores.

O Corpo de Bombeiros enviou cinco carros e 20 homens para o combate das chamas. No início da noite, alguns permaneciam no local para apagar os últimos focos do incêndio. De acordo com a assessoria da UEL, a parte interna do edifício, onde ficavam o palco e as poltronas, foi totalmente destruída. A assessoria informou que foi possível salvar apenas alguns objetos, como dois pianos, que estavam em uma sala na frente, e alguns arquivos nos fundos do edifício. A condição dos pianos ainda não foi avaliada, pois eles ficaram bastante molhados.

Engenheiros do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e da UEL devem avaliar as condições da fachada para ver se ela permanecerá em pé ou se deve ser demolida. Ainda havia temor de que pudesse desabar, em razão de rachaduras. O teatro estava fechado desde o fim de dezembro, em razão de estar passando por reforma no palco de 120 metros quadrados, que teve todo o piso de madeira trocado. Ao longo do ano passado, foram investidos cerca de R$ 2 milhões nos sistemas hidráulico, elétrico e em equipamentos. Ele deveria ser reaberto em 10 de março, dando início às comemorações dos 60 anos de existência.

Inaugurado em 24 de dezembro de 1952, quando Londrina vivia o auge da cultura do café, de onde vem o nome Ouro Verde, o teatro figura em cartões postais da cidade. Em 1998, a edificação foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Cultural do Paraná. Desde 1978, está sob a administração da Universidade Estadual de Londrina (UEL). O Cine Teatro Universitário Ouro Verde é o maior do norte do Paraná, com capacidade para 950 pessoas.

    Leia tudo sobre: incêndioteatrolondrina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG