Sobe para mais de 7 mil o número de desalojados por causa das chuvas no Paraná

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Enxurradas deixaram nove mortos no Estado. De acordo com a Defesa Civil, 70 cidades estão em situação de emergência

Agência Brasil

A chuva forte que atinge o Paraná desde o fim da semana passada deixou nove mortos e afetou 55.659 pessoas em todo o estado, segundo o último boletim divulgado hoje (9) pela Defesa Civil Estadual. As enxurradas e alagamentos deixaram 7.530 pessoas desalojadas, 2.436 desabrigadas e 2.286 estão em abrigos. Mais de 6,3 mil residências foram danificadas.

Leia também: 
Chega a nove número de mortos em consequência das chuvas no PR
Temporais deixam mais de 16 mil desalojados em Santa Catarina

Ponte do rio Ivaí afetada pelas enchentes dos últimos dias no Paraná. Foto: DivugaçãoVaca foi encontrada nesta segunda-feira (09), após nível diminuir o nível das águas. Foto: Lindomar Pereira/ Portal QuedasVaca foi encontrada nesta segunda-feira (09), após nível diminuir o nível das águas. Foto: Lindomar Pereira/ Portal QuedasVaca foi encontrada nesta segunda-feira (09), após nível diminuir o nível das águas. Foto: Lindomar Pereira/ Portal QuedasTemporais deixaram pelo menos nove mortos no Paraná. Foto: DivulgaçãoPor causa das chuvas, abastecimento foi afetado em diversas regiões do Paraná. Foto: DivulgaçãoAlagamento em Guarapuava, uma das cidade que decretaram estado de emergência no Paraná. Foto: DivulgaçãoEnxurradas deixaram milhares de desabrigados no Estado do Paraná. Foto: Divulgação

De acordo com a Defesa Civil estadual, 70 cidades estão em situação de emergência. A região central do estado é a mais prejudicada, principalmente os municípios de Guarapuava, Irati e Rebouças.

A chuva forte também interditou rodovias estaduais e federais devido a quedas de barreiras e alagamentos. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a pista está interditada na BR-277, na altura do quilômetro (km) 306, em Guarapuava, por causa de queda de barreira. A pista também está interditada na BR-143, altura do km 340, em Rebouças, e km 364, em Rio do Sul, porque a rodovia está alagada.

Mais: Mãe e filho morrem após serem arrastados por correnteza durante enchente no PR

A Polícia Rodoviária Estadual informa que na PR-180, a ponte sobre o Rio Piquiri está coberta pela água e o trânsito está interditado. Na PR-492, entre os municípios Paraíso do Norte e Rondon, a rodovia foi interditada devido ao alagamento da pista.

Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, no Paraná ainda pode chuviscar hoje entre o leste e o litoral e também no noroeste e no norte. Nas demais regiões, o dia amanheceu com muita nebulosidade e com pouca visibilidade em vários municípios. O sol volta a aparecer com mais força a partir da tarde de hoje, principalmente no interior.

Segundo o governo estadual, estão sendo liberados R$ 6 milhões para os municípios comprarem vacinas, medicamentos, contratarem e pagarem hora extra aos profissionais de saúde.


Leia tudo sobre: chuvasmortesdesalojadosdesabrigadosparaná

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas