Homem imobilizou jovem na rua, mas ela se levantou e recebeu 4 tiros. Investigador ainda tentou se matar com tiro no pescoço

Um investigador de 38 anos, lotado na Secretária de Segurança Pública (SESP) do Paraná, algemou e matou a namorada de 23 anos na rua Sete de Abril, no bairro Alto da XV, em Curitiba, nesta quinta-feira (24). Após disparar quatro tiros contra a jovem, ele tentou se matar com um tiro no pescoço, mas foi socorrido e está internado.

Veja também: Inconformado, homem mata ex-namorada a facadas em SP

Testemunhas filmaram o momento que o policial algema a namorada em rua de Curitiba
Reprodução/vídeo
Testemunhas filmaram o momento que o policial algema a namorada em rua de Curitiba

O caso começou com uma discussão dentro de um veículo do policial. Segundo informações de testemunhas que presenciaram o crime, o investigador tirou a jovem do veículo puxando-a pelo cabelo e a algemou na rua. 

Segundo a polícia, a namorada pedia para ele parar e conseguiu, mesmo algemada, se levantar e correr. A jovem atravessou a rua, mas foi alcançada e recebeu quatro tiros no peito e morreu na hora. Em seguida, ele efetuou um disparo contra o próprio pescoço.

Equipes de resgate e viaturas da polícia foram até o local socorreram o homem, que foi levado em estado grave ao Hospital Cajuru. Ele foi operado e segue correndo risco de morte.

Relembre crimes em família que chocaram o Brasil:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.