Chega a 186 mil número de pessoas afetadas por temporais no Paraná

Balanço divulgado pela Defesa Civil nesta manhã registra 496 pessoas desalojadas em 21 municípios do Estado

Agência Brasil |

Agência Brasil

Chega a 186 mil o número de pessoas afetadas por temporais, granizo e vendavais no Paraná desde a última segunda-feira (22). As famílias afetadas tiveram problemas como casas destelhadas e falta de água e energia. As prefeituras distribuem telhas e lonas para os moradores que tiveram as casas danificadas, de acordo com informações da Defesa Civil. São cerca de 32 mil metros de lonas e 10 mil telhas. No Paraná, 496 pessoas estão desalojadas em 21 municípios, segundo balanço divulgado pela Defesa Civil na manhã de hoje (24).

Leia também:  Após longo período de seca, temporal causa morte em Minas Gerais

O maior número de residências danificadas está na cidade de Pinhais, com 1,2 mil casas, e Curitiba, com 300 casas. Não há registro de famílias que tiveram residências destruídas. A previsão é que hoje não chova no estado, e os moradores já recuperam os danos.

Em Santa Catarina, rolos de lona foram enviados para minimizar os problemas de moradores que tiveram as casas destelhadas pelas chuvas, ventos e granizo. Além das chuvas, foram registrados ventos de mais de 100 km por hora em boa parte do estado de segunda-feira (22) a ontem (23). O abastecimento de energia no estado foi normalizado, de acordo com as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). Ontem (23), a falta de eletricidade atingiu 0,5% da população do estado.

A Defesa Civil de Santa Catarina alerta para o risco de navegação em pequenas embarcações, hoje e amanhã (25), devido a ondas maiores que chegam ao litoral catarinense com picos de 2,5 metros. A previsão do tempo para hoje é que o sol apareça entre nuvens. As rajadas de vento não devem ultrapassar os 30 quilômetros, e a previsão de temperatura mínima em algumas regiões chega a 6 graus Celsius (ºC). A recomendação é para que as defesas civis municipais e prefeituras acompanhem e providenciem abrigo a pessoas que estejam expostas ao frio.

No Rio Grande do Sul, que registrou vendavais ontem, o tempo é estável e sem chuva no dia de hoje. Os fortes ventos atingiram a capital, Porto Alegre, e foi registrada uma ocorrência de vendaval também no município de Getúlio Vargas, de acordo com informações da Defesa Civil do estado. Os problemas registrados foram quedas de galhos e falta de energia.

    Leia tudo sobre: chuvasparanátemporaldesalojados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG