Estudante equatoriano é encontrado morto em Foz do Iguaçu

Como corpo foi encontrado sem sinais de violência, a princípio, a polícia descarta a possibilidade de homicídio

AE |

selo

O estudante equatoriano Marco Santiago Bustamante Espinosa, de 21 anos, que cursava o primeiro ano de Cinema e Audiovisual na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), em Foz do Iguaçu (PR), foi encontrado morto no hotel que serve como alojamento para os estudantes, localizado no centro da cidade, na tarde de domingo.

Ano passado: Turistas americanos morrem em Foz do Iguaçu

Em razão de não ter sido observado nenhum sinal de violência, a princípio, a polícia descarta a possibilidade de homicídio. A determinação da causa da morte será feita apenas após a perícia realizar exames de necropsia, de dosagem alcoólica e patológicos.

Em depoimentos informais, amigos de Espinosa disseram que ele fazia uso de medicamento controlado e teria tomado bebida alcoólica na noite anterior. O corpo foi encontrado por um colega que ocupa o mesmo quarto dele. Todas as atividades acadêmicas foram canceladas nesta segunda-feira na Unila por decisão do reitor Hélgio Trindade.

    Leia tudo sobre: foz do iguaçuestudantemorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG