PR endurece regras contra motorista com CNH suspensa

O secretário de Segurança Pública do Paraná, Luiz Fernando Delazari, determinou ontem que motoristas paranaenses que tiverem a Carteira Nacional de Habilitação suspensa deverão entregá-la às autoridades de trânsito em 48 horas, sob risco de serem enquadrados no crime de desobediência e ficarem sujeitos a detenção e multa. A decisão foi tomada depois que o jornal Folha de Londrina revelou que 18 dos 54 deputados do Estado têm mais de 20 pontos na CNH e 6 estão com o documento suspenso.

Agência Estado |

Pelo menos três anunciaram ter entregue a CNH ao Detran. Entre os que têm mais de 20 pontos estão quatro membros da Comissão de Ética, que analisará processo de quebra de decoro por parte do deputado Fernando Carli Filho (PSB), acusado de provocar a morte de dois jovens, quando dirigia bêbado e em alta velocidade. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG