Posse do novo bispo de Jundiaí deve reunir 8 mil fiéis

Em missa para qual são esperados oito mil fiéis de 11 cidades da região, tomará posse amanhã dom Vicente Costa, bispo nomeado por Roma para a diocese de Jundiaí. O arcebispo de Sorocaba, dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, abre a celebração, uma vez que a diocese de Jundiaí pertence à sua província eclesiástica.

Agência Estado |

Depois transfere a presidência a dom Vicente, seguindo os ritos da Igreja Católica.

O cardeal-arcebispo de São Paulo, dom Oscar Pedro Scherer e o núncio apostólico do Brasil, dom Luciano Baldisseri são presenças confirmadas no evento, com início previsto para às 15h30 deste domingo. Para a cerimônia, no ginásio de esportes Doutor Nicolino de Lucca, o "Bolão", são esperados ainda cerca 200 padres das dioceses de Jundiaí e de Umuarama (PR) e 90 diáconos permanentes.

Dom Vicente afirmou que não tem nenhum plano pastoral pré-estabelecido. "Sou um missionário. Quero chegar, ver, ouvir, conhecer os anseios, as alegrias e os desafios do povo e daí então iniciar uma caminhada com ele", explicou à Agência Estado. "Não se impõe uma caminhada", acrescentou. Mas o novo bispo de Jundiaí já sabe qual será a prioridade de seu governo pastoral: as vocações.

"O trabalho nessa área é fundamental. E o maior agente, o maior animador das vocações é o padre, com seu testemunho, com o vigor apostólico de sua missão na paróquia onde estiver", comentou. Como consequência de tal opção, o setor da juventude também será prioritário para dom Vicente, além das áreas de comunicação e de promoção humana.

Sobre a importância de orientar os cerca de um milhão de fiéis católicos, nas cidades da diocese que assume, em um ano eleitoral, ele espera não ter dificuldades. "Vou seguir a orientação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil", disse. Dom Vicente é o 5º bispo da Diocese de Jundiaí, fundada em 7 de janeiro de 1967. Nasceu na Ilha de Malta, em 1º de janeiro de 1947 e foi ordenado sacerdote em 1972. É formado em Filosofia pela Universidade de Malta; em Teologia pelo "Studium Theologicum" e Instituto Teológico de Curitiba e é mestre e doutor em Teologia Fundamental pela Universidade Gregoriana de Roma.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG