Português é preso em SP por tráfico internacional de aves silvestres

BRASÍLIA - Um cidadão português residente no Brasil foi preso em flagrante, nesta quinta-feira, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, portando 200 canários que vinham do Peru. Os animais seriam embarcados para Portugal.

Agência Brasil |

Acordo Ortográfico

A interceptação das aves foi feita por fiscais da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) que trabalham no aeroporto. A Polícia Federal (PF) foi acionada, então, para fazer a prisão por suspeita de tráfico internacional de animais silvestres.

Segundo o Ministério da Agricultura, peritos da PF fizeram análise nos pássaros e verificaram que se tratava de uma espécie peruana de canário nociva à fauna brasileira. Os pássaros já foram embarcados de volta para o Peru. No momento da apreensão, 65 aves estavam mortas, de acordo com nota do ministério.

AP
Aves apreendidas
Mais de 200 canários foram apreendidos; cerca de 65 deles estavam mortos

Leia mais sobre: tráfico de animais

    Leia tudo sobre: tráfico de animais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG