NATAL - A Polícia Federal no Rio Grande do Norte prendeu, na noite desta segunda-feira, um estrangeiro que tentava embarcar para a Europa pelo aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, região da Grande Natal, levando 1,17 kg de cocaína escondida na cueca.

Por volta das 18h50, agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes faziam uma fiscalização de rotina no saguão do aeroporto quando resolveram abordar um operador de máquinas, português, 33 anos, no instante em que este fazia o check in. O acusado vinha de São Paulo e seguiria para Amsterdã, na Holanda.

Divulgação
Português foi flagrado tentando transportar droga na cueca, diz PF

Após um rápida entrevista, os policiais solicitaram que ele abrisse a mala e a sacola que levava como pertence de mão, mas nada de irregular constataram. Em seguida o homem foi levado para a sala da PF e submetido a uma revista pessoal, ocasião em que foram encontrados no forro da sunga em que ele vestia quatro sacos plásticos de cor cinza contendo cocaína pura.

Preso em flagrante, já na sede da PF, o estrangeiro declarou durante o seu interrogatório que foi contratado em seu país por um homem moreno, que ele não sabe o nome, possivelmente nigeriano, para se deslocar até São Paulo, onde recebeu a droga numa estação do metrô. O acusado disse ainda que seria gratificado com cerca de 2.500 euros pelo transporte da cocaína.

Caso venha a ser condenado, o suspeito poderá pegar até 15 anos de reclusão. Segundo a PF, já são dez os estrangeiros presos no aeroporto Augusto Severo acusados de tráfico internacional de drogas, somente neste ano. Os detidos anteriormente foram quatro romenos, três poloneses, uma malaia e um africano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.