Possível assoreamento provocado pelo grande volume de água escoado pela Foz do Rio Itajaí-Açu será verificado na próxima semana

O Porto de Itajaí, em Santa Catarina, está com as operações suspensas desde a manhã da quinta-feira (8) devido à correnteza do Rio Itajaí-Açu. A superintendência do terminal informa, por meio da assessoria, que ao contrário da enchente registrada em novembro de 2008, o cais e os outros terminais que formam o complexo portuário não foram atingidos pela correnteza, permanecendo intactos e em plenas condições operacionais.

Entretanto, o terminal está instalado na foz do rio responsável pelo escoamento de toda a água das enchentes que estão ocorrendo na região do Vale do Itajaí.

Um possível assoreamento provocado pelo grande volume de água escoado pela Foz do Rio Itajaí-Açu será verificado na próxima semana, por meio de batimetria, que só poderá ser realizada quando as águas baixarem.

Segundo a superintendência, o impacto das águas na infraestrutura terrestre do complexo portuário e logístico foi bastante minimizado pelos serviços de dragagem de aprofundamento dos canais de acesso e bacia de evolução. Isso aumentou o escoamento das águas, reduzindo, inclusive, a ação das cheias no município e região.

As principais mercadorias movimentadas pelo Porto de Itajaí são madeira e derivados, frangos congelados (maior porto exportador do Brasil), cerâmicos, papel Kraft , máquinas e acessórios, tabacos, veículos, têxteis, açúcar e carne congelada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.