Porta-voz nega que Michael Jackson seja causa de internação de Elizabeth Taylor

LOS ANGELES ¿ O representante de Elizabeth Taylor, Dick Guttman, negou que a atriz tenha sido internada em um hospital por estar abatida com a morte de Michael Jackson, amigo íntimo da estrela.

EFE |

Getty Images

Elizabeth Taylor

Taylor, de 77 anos, deu entrada na semana passada em um hospital de Los Angeles para fazer uma série de exames, explicou Guttman em declarações reproduzidas hoje pela imprensa americana.

Os exames foram anunciados pela própria atriz aos fãs através da rede de microblogging Twitter.

"Embora minha dor por Michael não possa ser mais profunda, não estou a ponto de me suicidar, como alguns jornalistas fizeram crer", afirmou Taylor em 5 de julho.

Uma coluna publicada nesta terça-feira no jornal "New York Post" citava uma fonte não identificada que assegurava que a estrela tinha sido internada porque "tinha perdido o coração" após a morte de Michael, em 25 de junho.

Taylor, que usa uma cadeira de rodas devido a uma escoliose que sofre, não quis participar da homenagem pública ao "rei do pop" que aconteceu em 7 de julho por considerá-la "um circo".

Através de seu perfil DameElizabeth, no Twitter, a estrela disse: "Pediram-me que fale no Staples Center, mas não posso ser parte de um circo público".

"Não acho que Michael quisesse que compartilhasse minha dor com milhões de pessoas. Como me sinto é algo entre nós, não um evento público. Disse que não iria ao Staples Center e certamente não quero chegar a fazer parte disso. Amava muito ele", afirmou a atriz.

Leia mais sobre: Elizabeth Taylor

    Leia tudo sobre: elizabeth taylor

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG