SÃO PAULO - Um policial do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi morto na noite desta segunda-feira na porta de sua casa, no Brás, região central de São Paulo.

Edson Aires Orphanake, de 36 anos, foi baleado no peito por outro policial, supostamente um investigador que estaria verificando uma denúncia de tráfico de drogas em uma praça, feita pela própria vítima ao Setor de Investigações Gerais (SIG), da Delegacia Seccional Centro, horas antes de morrer.

O caso será investigado pela Corregedoria da Polícia Civil, que ainda não se pronunciou oficialmente.

Leia mais sobre: policiais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.