Um policial civil foi assassinado com 15 tiros dentro de uma igreja batista no fim da noite de ontem em Porto do Santos, um povoado de Itaparica, na Bahia. Segundo a corporação, Mário Sérgio Moreira era policial civil, estava lotado na 19ª Delegacia de Itaparica e vivia com a ex-mulher de um policial militar.

Ele deixou um filho de 5 meses.

A polícia suspeita de crime passional. O policial militar, ex-marido da companheira de Moreira, foi detido ontem, mas nega ter participado do crime. Moreira, de 36 anos, foi morto quando dois homens entraram na igreja e dispararam os tiros contra o agente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.