Policial de favela pacificada é preso por tentativa de assalto no Rio

Um policial militar lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) das favelas Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, na zona sul do Rio de Janeiro, foi preso na madrugada desta quinta-feira durante uma tentativa de assalto a um banco em Niterói, na Região Metropolitana. O soldado de 27 anos foi detido com outras três pessoas no bairro do Ingá.

iG Rio de Janeiro com Reuters |

De acordo com a polícia, o grupo se preparava para roubar uma agência quando foi surpreendido pelo alarme de segurança. Moradores da região avisaram a PM, que chegou ao local e prendeu dois assaltantes ainda dentro agência.

O policial militar e outro integrante do grupo foram presos dentro do carro do agente que estava na porta do banco e seria usado na fuga. Com eles, foram apreendidos maçaricos, botijões e outros equipamentos usados para arrombar cofres.

Infelizmente, existimos também para prender bandidos de farda, disse o tenente coronel do Batalhão da PM de Niterói, Bruno Andrade.

O policial da UPP detido ingressou na corporação no final do ano passado e estava lotado no 19º BPM (Copacabana). Uma de suas funções era atuar no policiamento comunitário no conjunto de favelas. Um policial com essa missão realmente nos decepciona, acrescentou o tenente coronel.

A PM informou que o soldado preso estava em dia de folga. Ele vai ser expulso da corporação e levado nesta quinta-feira para o Batalhão Especial Prisional, em Benfica, na zona norte do Rio.

A ocorrência foi registrada na 78ª DP (Fonseca). Os presos irão responder por tentativa de furto triplamente qualificado e podem pegar de dois a oito anos de prisão.

Leia mais sobre: assalto

    Leia tudo sobre: assaltoupp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG