Policial civil é morto a tiros ao chegar em casa em São Paulo

SÃO PAULO - O policial civil João Cabral de Melo Neto, de 43 anos, foi morto na madrugada deste domingo quando chegava em seu apartamento, no Pari, região central da cidade.

Agência Estado |

Segundo uma testemunha, o policial deixou o carro fora do prédio e, ao se aproximar da porta de entrada, foi surpreendido por dois homens armados. A testemunha afirmou à polícia que a dupla, ao ver o investigador, apenas disse: 'Deita, deita, que já era'.

Neto foi atingido por cinco tiros: na cabeça, nas pernas e nos braços. Mesmo levado ao pronto-socorro do Tatuapé, não resistiu e morreu. A pistola e a carteira funcional do policial foram levadas. No local, a perícia encontrou cápsulas de pistola e o celular da vítima. O caso está sendo encarado pela polícia como execução.

Leia mais sobre: execução

    Leia tudo sobre: execução

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG