Policial civil é baleado por PM durante ação do Distrito Federal

GUARÁ - Em Guará, cidade próxima a Brasília, um policial militar baleou a perna de um policial civil por volta das 6h desta sexta-feira. Segundo informações da Polícia Militar, o policial ferido, identificado como José Pedro de Mendonça, teria arrombado o portão da casa do PM para cumprir um mandado de busca e apreensão contra uma mulher.

Maria Rita Fava, do Último Segundo |

O autor do disparo, soldado Borges, afirma ter confundido o policial civil com um ladrão. Segundo informou um porta-voz da PM, soldado Brant, Borges teria sido alertado pelos vizinhos sobre três pessoas armadas que se encontravam em frente à sua residência. Ao ouvir o barulho do arrombamento, o PM atirou contra a porta de entrada e acabou atingindo a perna de Mendonça. O mandado, segundo informação do soldado Brant, seria para prender uma sobrinha do PM envolvida em uma quadrilha de estelionatários.

Borges justifica a ação como um engano, uma vez que não sabia sobre a intervenção dos policiais civis em sua casa. A Polícia Civil afirma não saber se tratar da propriedade de um policial militar. Em nota oficial divulgada pela PM, a situação configurou-se inusitada para ambas as partes.

José Pedro Mendonça foi encaminhado para o hospital e não corre risco de vida. O caso foi registrado na 4ª Delegacia Policial, no Guará, e conforme nota oficial divulgada pela Polícia Militar, os fatos seguem em apuração conjunta com a Corregedoria da Corporação.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG