Os policiais federais podem paralisar suas atividades no dia 14 de abril, segundo informações da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef). O indicativo de greve foi aprovado durante assembleias realizadas na quarta e nesta quinta.

A decisão será confirmada nos próximos dias em assembleias estaduais dos sindicatos de todo o País, quando serão discutidas estratégias de mobilização e o calendário de paralisações.

Se confirmada, a greve pode comprometer as investigações e operações em curso e atingir todas as unidades da Polícia Federal (PF), incluindo os postos de fiscalização em fronteiras, portos e aeroportos. A principal reivindicação é a reestruturação salarial dos servidores. Segundo a Fenapef, uma proposta de recomposição salarial chegou a ser encaminhada pelo Ministério da Justiça em março do ano passado e se encontra engavetada no Ministério do Planejamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.