Policiais civis de São Paulo decidem manter greve em todo Estado

SÃO PAULO ¿ Policiais civis em greve, filiados ao Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, reuniram-se na tarde desta segunda-feira, no hotel Braston, no centro da capital, para discutir uma proposta de reajuste salarial feita pelo Estado.

Redação |

De acordo com organizações da categoria, como o Sindicato dos Investigadores, os 150 delegados reunidos decidiram pela manutenção da greve. A proposta apresentada pelo governo de São Paulo, um reajuste de 6,2%, foi recusada. Queremos 15% de reajuste, retroativo ao mês de março, declarou José Martins Leal, presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia.

O presidente do Sindicato dos Investigadores, João Batista, reclamou da falta de uma proposta formal do governo José Serra (PSDB). O governo precisa enviar uma proposta em papel a todos os sindicatos da categoria. Só assim chegaremos a um acordo, disse.

A greve dos policiais civis de São Paulo completa 21 dias nesta segunda-feira.

Leia mais sobre: Greve da Polícia Civil

    Leia tudo sobre: grevepolicia civilsp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG