Policiais acusados de sequestrar jovens são presos no Rio

Os quatro policiais militares acusados de sequestrar dois jovens e executar um deles na última quarta-feira, na Penha, zona norte do Rio, tiveram sua prisão temporária decretada pela Justiça. De acordo com o delegado da Divisão de Homicídios, Felipe Ettore, serão colhidos os depoimentos dos quatro antes de eles serem encaminhados ao Batalhão Especial Prisional (BEP).

Agência Estado |

Segundo relatos, os dois jovens estavam em uma motocicleta quando foram abordados pelos PMs, perto da Vila Cruzeiro, na Penha.

Os celulares e a moto foram tirados deles, e os policiais teriam levado os dois para traficantes de Parada de Lucas, rivais aos da Cidade de Deus, onde moram os garotos. Lá, houve tiroteio, e eles conseguiram correr.

Logo depois, um deles teria sido recapturado pelos policiais e executado com dois tiros, na Penha. O corpo foi encontrado na quinta-feira.

A Polícia Militar divulgou nota sobre o assunto, alegando que "as graves acusações contra a conduta de quatro policiais causam indignação", e que elas seriam "apuradas com rigor".

    Leia tudo sobre: crimepoliciaistraficantetraficantesviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG