Após o sábado violento, em que 12 pessoas morreram, um helicóptero da polícia foi abatido e pelo menos oito ônibus foram incendiados em vários pontos da zona norte do Rio, a Polícia Militar voltou a trocar tiros com traficantes na manhã de hoje. Na Favela do Jacarezinho, onde agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) realizaram uma operação para encontrar traficantes que participaram da tentativa de invasão dos pontos de venda de drogas no Morro dos Macacos, dois homens foram mortos na manhã de hoje, em suposto confronto com os policiais.

Com eles foram apreendidas duas pistolas.

Um balanço divulgado pela Polícia Militar na tarde de hoje informou que quatro homens foram presos na Avenida Marechal Rondon, próximo ao acesso do Morro São João, em um veículo roubado. No alto do morro, a polícia apreendeu 24 carregadores de fuzil 556, uma granada defensiva de uso exclusivo das Forças Armadas, nove carregadores de pistola 9 mm e muita munição. O material estava em uma mochila abandonada na mata. A PM informou que o cerco à comunidade e ao vizinho Macacos continuará por tempo indeterminado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.