Tamanho do texto

Após ouvir depoimento de dez testemunhas, a delegada-adjunta da 14ª Delegacia de Polícia do Leblon, Bianca Araújo, informou aos jornalistas que a polícia suspeita que o motorista de um dos netos do empresário e filho de um motorista da família tenha sido autor do disparo que matou o empresário Arthur Sendas na noite de ontem, entre 23h e 23h30. O crime teria sido motivado, de acordo com a delegada, por dificuldades financeiras do acusado, que foi flagrado pelas câmeras de segurança entrando e saindo do prédio, antes e depois do crime.

Ele trabalha com a família Sendas há dez anos, tinha acesso livre ao prédio e já é considerado foragido pela polícia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.