Polícia Rodoviária Federal registra 1.901 acidentes e 93 mortes no feriado de Finados

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta terça-feira o balanço de ocorrências do feriado de Finados. De acordo com a corporação, houve uma queda na quantidade de acidentes e de feridos e pequena alta na taxa de fatalidades. De zero hora de sexta-feira (30/10) à meia noite desta segunda (02/11), a PRF registrou 1.901 acidentes, 1.170 feridos e 93 mortes em 65 mil quilômetros de rodovias federais brasileiras.

Redação |

Esses números representam cinco mortes a mais do que no feriado de 12 de outubro e quatro a menos do que no da Independência. No feriado de 7 de Setembro foram registrados 2.329 acidentes, contra 2.217 no feriado de Nossa Senhora Aparecida.

Rio Grande do Sul, Bahia e Maranhão foram decisivos para as estatísticas nacionais, principalmente na somatória de mortes. O estado gaúcho, que durante a Operação Padroeira registrou uma única morte, neste feriado somou oito vítimas fatais, sendo quatro numa mesma ocorrência. Nas últimas 96 horas, a Bahia contabilizou nove óbitos, contra quatro no período anterior. E o Maranhão, que não registrou nenhuma morte no feriado de 12 de outubro, saiu desta operação com quatro vítimas fatais.

O Estado de Minas Gerais reduziu todos os índices, mas ainda assim lidera o ranking de números absolutos, com 253 acidentes, 15 mortes e 145 feridos. Os outros Estados com mais acidentes são Santa Catarina (266), Paraná (232), Rio Grande do Sul (166), e Rio de Janeiro (148). Depois de Minas Gerais, os estados com mais óbitos são Bahia e Paraná (09); Rio Grande do Sul e Pernambuco (08); Rio de Janeiro, Santa Catarina e Goiás (06) e Maranhão (04).

Segundo a PRF, a sequência de finais de semana prolongados, iniciada pelo feriado de Independência, revelou tendência de queda nos índices gerais de violência nas estradas. Em 2007, quando a frota de veículos no Brasil era 17% menor, a PRF registrou 12% a mais de mortes no mesmo feriado de Finados.

Leia mais sobre: estradas

    Leia tudo sobre: estradas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG