Polícia Rodoviária Federal já autuou mais de nove mil motoristas alcoolizados

Brasília - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já autuou, este ano, nas rodovias federais de todo país 9.200 motoristas que dirigiam alcoolizados. De acordo com os números, 20% das multas foram aplicadas a condutores profissionais, sendo que 80% deles tinham mais que o limite mínimo de 0,3% de álcool no sangue, e foram indiciados criminalmente.

Agência Brasil |

Os dados foram divulgados hoje, durante o 1º Seminário Internacional Redução e Acidentes no Trânsito, em Brasília. O evento é uma iniciativa da Promotoria de Justiça de Delitos de Trânsito do Distrito Federal e conta com a participação de especialistas de trânsito do Brasil e da França.

O superintendente da PRF no estado do Amazonas, Evandro Bruno, disse que o baixo efetivo da corporação e a falta de equipamentos, como bafômetros, prejudicam a qualidade da fiscalização nas estradas federais. Ele disse que a corporação conta com 10 mil policiais para fiscalizar 62 mil quilômetros de rodovias. "Não basta nós termos uma legislação que pune com maior rigor o condutor alcoolizado, se a gente não possui meios para fiscalizar efetivamente.

Nesta quarta, último dia do seminário, os palestrantes vão falar sobre o impacto das motocicletas na elevação do número de mortes no trânsito, os aspectos legais da embriagues ao volante e a importância das políticas publicas para a redução de acidentes nas estradas.

    Leia tudo sobre: lei seca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG