Roma, 18 abr (EFE).- A Polícia italiana recuperou três das sete esculturas do artista colombiano Fernando Botero roubadas em outubro de uma oficina de fundição da localidade de Pietrasanta, no centro do país.

Segundo meios de comunicação locais, duas pessoas foram detidas.

As obras resgatadas - "Adán", "El Perro" e "Gorrión" -, avaliadas em 1,5 milhão de euros, foram achadas dentro de um carro alugado na cidade de Verona.

Na operação, policiais detiveram dois irmãos, de 43 e 44 anos, naturais da cidade italiana de Viareggio, que tentavam vender as obras roubadas no noroeste da Itália, na região de Toscana.

Das sete esculturas furtadas, com entre 50 e 70 centímetros, continuam desaparecidas as batizadas com os nomes de "Gato Codón", "Mujer con Mano en sus Cabellos", "Bailarina Vestida", "Bailarina en Movimiento". EFE cr/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.