Polícia recupera três de sete esculturas de Botero roubadas na Itália

Roma, 18 abr (EFE).- A Polícia italiana recuperou três das sete esculturas do artista colombiano Fernando Botero roubadas em outubro de uma oficina de fundição da localidade de Pietrasanta, no centro do país.

EFE |

Segundo meios de comunicação locais, duas pessoas foram detidas.

As obras resgatadas - "Adán", "El Perro" e "Gorrión" -, avaliadas em 1,5 milhão de euros, foram achadas dentro de um carro alugado na cidade de Verona.

Na operação, policiais detiveram dois irmãos, de 43 e 44 anos, naturais da cidade italiana de Viareggio, que tentavam vender as obras roubadas no noroeste da Itália, na região de Toscana.

Das sete esculturas furtadas, com entre 50 e 70 centímetros, continuam desaparecidas as batizadas com os nomes de "Gato Codón", "Mujer con Mano en sus Cabellos", "Bailarina Vestida", "Bailarina en Movimiento". EFE cr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG