Polícia recupera na França 69 obras de arte roubadas

Roma, 25 fev (EFE).- A Polícia italiana, em colaboração com a francesa, apreendeu, em um hotel de Paris, 69 obras de pintores do século XIX avaliadas em mais de dois milhões de euros (US$ 2,5 milhões), que foram roubadas em 2006 da casa de uma colecionadora, no norte da Itália.

EFE |

A apreensão ocorreu "em meados de ano passado", explicou hoje em entrevista coletiva o capitão do comando de patrimônio cultural da localidade de Monza, Andrea Ilari, que especificou que a operação - denominada "Ottocento" - continua aberta.

Em dezembro de 2008, um cidadão georgiano foi detido como suposto autor do roubo e identificou outros três supostos envolvidos no crime, próximo ao mercado das antiguidades do norte da Europa, segundo Ilari.

As obras recuperadas eram exibidas em um quarto do hotel para conseguir potenciais compradores.

Entre as obras recuperadas há quadros de Giuseppe De Nittis, Giovanni Fattori, Lorenzo Delleani e Giacomo Favretto, mestres de escolas das regiões italianas do Piemonte e a Lombardia (norte da Itália). EFE mcs/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG