Polícia procura suspeito de ter disparado tiro que acertou bebê no rosto em Maceió

MACEIÓ ¿ A polícia está à procura do homem suspeito de ter efetuado o disparo que atingiu o rosto de um bebê de dois meses na noite do último domingo em um parque de diversões, no conjunto Osman Loureiro, em Maceió. Segundo o 11º Distrito Policial, que investiga o caso, o procurado se chama José Wellington Barbosa da Silva, tem 19 anos, e possui envolvimento com o tráfico de drogas na capital alagoana.

Redação |

Acordo Ortográfico

De acordo com a polícia, o tiro que acertou o bebê foi dado após uma discussão motivada por ciúmes. Por volta das 20h20, José Wellington teria visto a ex-namorada saindo acompanhada de uma casa de shows próxima ao parque de diversões e foi tirar satisfações.

Durante a confusão, ele sacou a arma e fez alguns disparos. O acompanhante da ex-namorada do suspeito não foi atingido por nenhum tiro, mas uma bala perdida acabou acertando o bebê de dois meses no rosto. O menino estava com a avó, que tinha acabado de receber a criança do colo da mãe, de 17 anos. Em meio à correria, a avó da criança chegou a pensar que o barulho teria sido provocado por uma bomba.

Segundo o último boletim médico da Santa Casa de Misericórdia de Maceió, onde o bebê está internado, o quadro de saúde da vítima é estável, porém inspira cuidados. O menino permanece sedado na UTI pediátrica da unidade, mas não corre risco de morte. De acordo com o hospital, o bebê não teve perda de material encefálico já que a bala entrou pela mandíbula esquerda e saiu pela bochecha direita.

Veja também:

Leia mais sobre: violência - bebê baleado

    Leia tudo sobre: alagoasbaleadobebêmaceiótiroviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG