Polícia procura secretário suspeito de ter abusado sexualmente de jovem de 14 anos

FLORIANÓPOLIS ¿ Policiais civis estão a procura do secretário de Educação de Mondaí, município localizado no extremo-oeste do Estado de Santa Catarina. Reneo Staudt (PMDB), de 49 anos, é suspeito de ter abusado sexualmente uma adolescente de 14 anos e está com a prisão preventiva decretada desde sexta-feira. O secretário, que é ex-professor de Ensino Fundamental, deu aula para a jovem por quatro anos.

Redação |

Polícia Civil/SC

O secretário Reneo Staudt, de 49 anos

De acordo com a polícia, Staudt levou a vítima na última quinta-feira para um motel localizado em Iporão do Oeste, município a 22 quilômetros de Mondaí. O ex-professor teria se aproveitado da situação de conhecer a família da jovem para convencê-la a entrar em seu carro.

Em seu depoimento, a adolescente contou que foi ameaçada pelo secretário caso ela tentasse fugir. Após o abuso sexual, a vítima disse que foi deixada a cerca de dois quilômetros de Mondaí, tendo que ir a pé até sua residência. Ao chegar, ela relatou o crime para os pais.

Segundo a delegada Lisiane Junges, responsável pelo caso, o exame de corpo de delito confirmou o abuso sexual recente. Algumas colegas da vítima foram ouvidas e revelaram que o comportamento do professor era duvidoso na época em que ele lecionava, contou.

Lisiane revelou que Staudt possui antecedentes policiais por exploração sexual de adolescentes. A denúncia foi feita em 2005, mas acabou sendo arquivada por falta de provas. A polícia ainda vai investigar a possibilidade de existir outras vítimas, informou a delegada. 

O advogado do secretário comunicou que seu cliente só irá se apresentar quando a prisão preventiva for revogada.

Leia mais sobre: abuso sexual

    Leia tudo sobre: abuso sexualabusos sexuaisestuproviolência sexual

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG