Cerca de 80 policiais, com apoio de dois helicópteros, estão à procura de dez suspeitos de roubarem ontem dois bancos simultaneamente em Paranatinga, no Mato Grosso. A quadrilha chegou em uma picape e invadiu ao mesmo tempo as agências do Banco do Brasil (BB) e do Bradesco, localizadas em pontos próximos.

Fortemente armados com fuzis, metralhadoras, espingardas e pistolas, eles renderam os clientes e funcionários, formaram um escudo humano e dispararam diversos tiros para o alto na fuga, informou a Polícia Militar (PM).

De acordo com a corporação, a ação durou cerca de 25 minutos, no horário de abertura das agências. Após levarem o dinheiro, os bandidos fugiram na picape, com quatro deles dentro da cabine e seis na caçamba. Houve perseguição, mas os criminosos conseguiram fugir. A camionete foi abandonada a cerca de 60 quilômetros do local do crime. Ela foi incendiada e os suspeitos fugiram pelo matagal, segundo a PM. Ninguém ficou ferido.

Nenhum dos assaltantes foi preso, mas o Serviço de Inteligência da polícia informou que já possui alguns suspeitos. De acordo com a PM, ontem foi dia de pagamento dos funcionários municipais e estaduais de Paranatinga. Não foi divulgada a quantia levada pelos criminosos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.